Total de visualizações de página

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Acertando os ponteiros

Parado em frente a banca de revistas, Altair distribua panfletos da loja. Marianna parou bem em frente a ele:

- Oi Altair, tudo bem?

- Oi Marianna, quanto tempo...

- Você cortou os cabelos...

Falou Marianna enquanto passava a mão nos cabelos curtos de Altair. 

- Não teve um dia em que eu não pensasse em você. Todos os dias eu olhava, ansiosa para a janela sempre fechada, na esperança de te ver. Você sumiu... 

- Naquela fatídica noite de quarta-feira eu fui assaltado: levaram todos os meus documentos. Tive que vender minha coleção do Pink Floyd para comprar a passagem e ir embora. Eu estava na roça, na casa dos meus avós. Cortei o cabelo porque eu estava trabalhando na lavoura e não tinha tempo para cuidar deles. Altair havia envelhecido muito naquele curto período de tempo.

- Eu não acredito que você se desfez dos discos. Agora eu não vou poder quebrá-los assim como na música do Raul "Tú és o M.D.C da minha vida"...


- O Raul tem outras tantas músicas melhores. Tem uma que eu decorei e escrevi num papelzinho para te dar: "Coisas do coração", você conhece? Toma. 

Altair tirou um pedaço de papel verde do bolso e entregou à Marianna. O bilhete estava escrito a mão, a letra era linda e redondinha:

"Quando a gente se tornar rima perfeita
E assim virarmos de repente uma palavra só
Igual a um nó que nunca se desfaz
Famintos um do outro como canibais
Paixão e nada mais!
Paixão e nada mais!"
- Sua letra é tão redondinha, parece letra de mulher. Eu li uma vez em algum lugar, que quem tem letra bonita, tem personalidade forte.

- Eu tentei ser forte e nunca mais te procurar. Mas a verdade é que nesse tempo em que eu estive longe, também pensei muito em você. Continuou Altair.

- Mas você não me procurou, foi eu que achei você!

- Não era assim que eu queria que fosse. Eu queria me reestruturar para te procurar, porque você é a única mulher que eu amei. Apenas dei um tempo para você pensar em tudo que aconteceu. As coisas entre a gente aconteceram depressa demais.

Ao ouvir Altair dizer que a amava Marianna estremeceu, seu coração bateu mais acelerado e ela mal conseguia ficar em pé.


- Não teve um único dia, em que eu não me arrepende-se, de não ter pedido para você ir lá para casa. E agora eu encontro você aqui parado na rua, distribuindo panfletos da loja da "Duquesa das Alagoas"...

- Não fale dela assim...

- Mas você está aqui trabalhando para ela...

- Se você quer saber a verdade eu não voltei pra ela, nós estamos apenas trabalhando juntos.

- Você não me deve satisfações da sua vida. Naquela noite quando você me ligou, se você tivesse ido lá pra casa, não haveria assalto, nem cabelo cortado. Se você não quiser mais me ver eu vou entender...



- Acho que foi você, quem não entendeu nada. Eu amo você Marianna, de verdade. Eu quero ficar com você sim, se você ainda me quiser...

Altair deixou todos os panfletos caírem e abraçou Marianna, que emocionada começou a chorar.

- Seus olhos ficam mais verdes ainda quando você chora. Minha morena de olhos verdes, não chore. 

Altair beijou Marianna com doçura e ternura.

- Eu nunca mais vou deixar você partir Altair, nunca! Prometeu Marianna.

26 comentários:

  1. Tomara que a promessa de Marianna seja verdadeira, tanto quanto o amor de Altair.

    Uma ótima semana pra você também.

    Beijos, Misunderstood.

    ResponderExcluir
  2. Eu fiquei admirador e torcedor do Altair. Por uma razão muito simples, ele, assim como eu, é fã do Raul Seixas. A música então, nem se fala. Conheço a letra de inteirinha. Os dois, pelo que acompanhei da história até aqui, formam um casal perfeito. Um beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  3. Que aflição senti com a imagem da tesoura...

    ResponderExcluir
  4. sai tesoura!
    como terminará essa relação Marianna x Altair?
    aguardemos debaixo do pé de amora.

    ResponderExcluir
  5. PQP!!!

    Já não era sem tempo....

    Caraca Marianna, agora veja se segura o Altair, senão, vem outra e pega o cara.

    Mas é claro que ainda tem muitos obstáculos pela frente, Marianna é do tipo que adora sofrer enquanto a felicidade mora ao lado...

    Beijos carinhosos,

    ÍsisdoJUN/Tattourouge

    ResponderExcluir
  6. Ah... Amei que o sentimento apareceu, venceu e prevaleceu! As vezes um pouco de distância - ainda que forçada e pesada - faz os pensamentos clarearem-se....

    ;D

    ResponderExcluir
  7. AINDA BEM QUE NA MINHA FORMA HUMANA SOU CARECÃO, E ESSA FASE DA TESOURA PASSOU A MUUUUUUITO TEMPO. MAS EU JÁ SEI O FINAL DESSA HISTÓRIA. AGORA CABE A BIA CONTAR O DESFECHO.

    DEPOIS DE LER O COMENTÁRIO, PASSA LÁ:
    http://thebigdogtales.blogspot.com/2011/09/desejo-de-loucura-total-ou-ode-ao.html

    ResponderExcluir
  8. Talento raro o seu hein! parabéns!

    O melhor blog do... Meu Bairro!!!
    http://blogdocharque.com/

    ResponderExcluir
  9. Mas, os ponteiros se encontram uma vez a cada 60 segundos.

    ResponderExcluir
  10. Passei aqui para comer uma amora e só sai coma promessa de Mariana. alias Mariana é uma das personagens do meu conto novo, onde sua presença e comentarios sempre pesaram.

    vai lá querida.

    voltarei para ver Altair se dar bem !

    ResponderExcluir
  11. Olá simpática!
    Vai estando atenta, um dia destes talvez eu volte.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Que bonita a história... Vamos esperar a Mariana cumprir a promessa...

    ResponderExcluir
  13. que sensação de estar leve lendo esse texto!

    a espera é uma prova muito grande de amor!

    ResponderExcluir
  14. Nossa, que URL de respeito essa do seu bog, heim!
    Estava navegando pela net e tive a felicidade de encontrar o seu blog!!!

    Convido você a dar uma passadinha no meu: http://docesonhodemenina.blogspot.com/

    Ah, como amei seu blog, tenho um selinho para você: http://1.bp.blogspot.com/-68Bb05pFul4/Te1BfsqvBeI/AAAAAAAAATM/JPCRr0Mj7R0/s1600/dsm-selinho.jpg

    Mil Sweetkisses!!!

    ResponderExcluir
  15. Lindona,

    tem presente pra você lá no
    Infinito Particular de ÍsisdoJUN.

    Sem regras, sem compromisso, apenas uma forma de lembrar-me de tua amizade.

    "Prêmio Amizade no Mundo" sem fronteiras.

    Beijos carinhosos,

    ÍsisdoJUN

    ResponderExcluir
  16. BIA... GOSTOOOOOOOOOSA!

    DEPOIS DE LER O COMENTÁRIO, PASSA LÁ:
    http://thebigdogtales.blogspot.com/2011/09/o-jantar-do-jaguaru-texto-escrito-no.html

    ResponderExcluir
  17. Hummmmmmmmmmm que linda promessa de amor eterno hein! E com poeminha da letra do Raul!
    Tá apaixonada hein Bia, hahahahaha, só uma pessoa apaixonada escrveria algo tão belo, hahhahaha.

    Um beijão e fica com Deus!

    ResponderExcluir
  18. Sensacional Bia.

    Vi a cena final deles se abraçando e se beijando ao som de "A Maçã"

    "Se eu te amo e tu me amas
    Um amor a dois profana
    O amor de todos os mortais..."


    Adorei esse texto bia...
    Ainda mais por ter raulzito (baiano doido, assim como eu)
    Torço pelo casal, mariana e Altair


    Desculpe pela minha sumida. Tenha tabalhado bastante, tava sem tempo e sem vontade de escrever. Mas agora voltei.
    =D

    ResponderExcluir
  19. TEM UM SELO ORIGINS NO MEU BLOG PRA VC. PASSA LÁ E PEGA:
    http://thebigdogtales.blogspot.com/2011/10/mais-um-selo-da-thebigdogtales.html

    ResponderExcluir
  20. Sinto falta de momentos como esses,momentos onde o sentimento de verdade não consegue mais se esconder a acaba explodindo da melhor forma. Perfeito! Lindo!

    Desculpe a ausência. A vida tem andado complicada por aqui...

    ResponderExcluir
  21. As pessoas mudam com o passar dos anos, o que penso hoje com certeza não será o mesmo daqui algum tempo, e com Marianna não foi diferente. Vou contar um segredo: tive uma Marianna recentimente na minha vida, devido o desfecho sumi um bom tempo do mapa, confesso que gostaria que essa minha história tivesse o mesmo destino desse capítulo.

    ResponderExcluir
  22. No fundo tenho a suspeita que Marianna é vc, vi que somos do mesmo signo (escorpião) então é quase certo ser certeza, rsrs

    ResponderExcluir
  23. Comecei hoje a acompanhar a história da Marianna. Marianna e sua história tão comum que se torna diferente. Vou ficar por aqui observando debaixo do pé de amora.

    ResponderExcluir
  24. Bóra construir novas trilhas/frases, mana.

    ResponderExcluir