Total de visualizações de página

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Ciúmes

Marianna queria muito sair do martírio que se encontrava. Enquanto todas as garotas da sua idade se preocupavam com as roupas e os sapatos da moda, Marianna se preocupava em pagar a conta de água  ou de luz. O ano era 1997. Ela nunca ficava muito tempo sem trabalhar: trabalhou em padaria, açougue, farmácia e em vídeo locadora também. O salário mínimo naquele ano era R$112,00 o governo anunciava que o novo valor seria de R$120,00. Para sua mãe, a grana que Marianna dava nunca era suficiente, mesmo recebendo só um salário. Depois que contribuía para pagar as contas de casa não sobrava quase nada, apenas o essencial para comprar cigarro, vinho e pagar o ônibus para ir à Feirinha, vez ou outra ela comprava um CD de rock. Sua próxima aquisição seria "The Roots" do Sepultura.


Na quinta-feira como era de costume Marianna foi à Feirinha para se encontrar com Fernando. A última vez que se viram foi no domingo de manhã, depois da festa de Dinho e de dormirem na casa de Lili. A relação dos dois já estava ficando mais séria.

Assim que chegou lá, Marianna encontrou Daniela e sua irmã Kátia. Mais uma vez Marianna agradeceu a hospitalidade de Lili, que deixou que ela e Fernando dormissem na sua casa.

- Por acaso vocês viram o Fernando? Perguntou Marianna.

- Ele estava aqui agora, saiu com Anjinho para comprar uma garrafa de vinho, já devem estar voltando. Respondeu Daniela.

Nesse instante Marianna viu chegarem Fernando e Anjinho com uma garota que Marianna nunca havia visto. Ela tentou se controlar, pois não sabia quem era a "tal". Mas seu ciúme era tão forte que dava até para sentir.

- Ei Sereia (era assim que Fernando chamava Marianna) , pensei que você não vinha mais! Falou Fernando.

- Então você é a famosa Sereia? Perguntou a recém chegada. - Muito prazer me chamo Haide, acabei de chegar de São Paulo. Sou a irmã mais velha de Daniela e Kátia. Minha mãe me falou muito bem de você, ela me disse que você conseguiu tirar minhas irmãs da cama cedo no domingo.

Já refeita da surpresa, Marianna respondeu:

- Quanto ao famosa, isso é exagero. Mas a Lili é muito legal. Quem me dera ter uma mãe assim. Confesso que eu já estava com ciúme, quando vi você chegando com o Fernando, primeiro porque você é muito bonita e segundo porque eu nem sabia quem era você.

- Pode ficar tranquila, eu nem quero saber de homem tão cedo. Fugi do louco do meu namorado, que não me deixava em paz. 

- Vamos ali na frente um pouco Marianna? Falou Fernando.

Os dois saíram para o final da rua.

- Deixa ver se eu entendi direito, você está com ciúmes de mim?



- Qual o problema? Eu gosto de você Fernando! Tudo bem que a gente está ficando há pouco tempo, mas eu gosto de ficar com você, gosto do seu beijo e da forma como você me abraça.

- Eu também passo o dia todo pensando em você, fico contando os minutos para estarmos juntos. Mas não precisa ter ciúmes não, 'tá' bom? Desfaz essa cara de chateada, eu gosto de ver seu sorriso, ouvir sua risada. 

- Tudo bem então. E o que é que nós vamos fazer no sábado?

- Era isso que eu queria te dizer: vamos na casa do Carlinhos, vai ter um show de rock lá no bairro onde ele mora, que tal?

Carlinhos era um dos tatuadores mais requisitados da Feirinha. Ele tatuou Marianna quando ela fez 18 anos. E era muito próximo de Fernando.


- Vamos então, você passa lá em casa que horas no sábado?

- Às seis da tarde. Se prepare porque vamos ter que pegar dois ônibus de novo.

- Se é pra ouvir "o bom e velho rock and roll", vamos lá!


51 comentários:

  1. Nossa, adorei essa história da marianna. A narrativa tá muito boa.

    ResponderExcluir
  2. Mari Mariana, sempre há beleza em contos narrados como este, o que faz a gente ver que a simplicidade do dia-a-dia tem sua beleza e nós nem sempre admiramos, ótimo Blog!

    ResponderExcluir
  3. E assim agente continua se apaixonado pelo pelo velho e bom rock....é uma paixão que tá na veia..valeu.

    www.pospretudo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Adorei, simplesmente malhavilhosa a narrativa. Super parabéns!
    Visite-me também : http://eapesardetudosorrir.blogspot.com/
    Te espero lá.

    ResponderExcluir
  5. Você tem talento...belo texto...
    Blog Intervalo
    Um blog com humor, curiosidades, reflexões e assuntos do cotidiano.

    http://lcambara2010.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adorei.. muito fofinho o texto.. e o fluxo é ótimo!
    Leitura fácil!

    Adorei..
    to seguindo! beijoss

    http://humilitate.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. [...Se é pra ouvir "o bom e velho rock and roll"...]


    Adorei, muito bem escrita, muito bem narrada, ficou ótima!


    Quanto ao seu comentário, eu adorooooo Garotos Podres, não sou da época, mas pude ver pelo menos um show deles e foi muito bom!

    ResponderExcluir
  8. Não é só na vida real que sentimos ciúmes... rsrsrs Tô gostando cada vez mais!
    Esperando continuação...

    Até!

    ResponderExcluir
  9. Sua escrita nos prende ao texto,esperando o desfecho.

    ResponderExcluir
  10. Achei a historia da Marianna DEMAIS!
    Ciumes, tá ai um mal q eu sofro...rs

    Beijinhos

    ---
    www.jehjeh.com

    ResponderExcluir
  11. aamei ;D

    bjo
    http://sverbal.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Muito bom o texto,
    você descreve tão bem, que consigo visualizar as cenas, os cenários,
    é o poder da literatura.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  13. Gostei!Parabéns


    o texto flui, ROOOTS BLOODY ROOTS!!!

    ResponderExcluir
  14. Suave história! Adorei a postagem, com gente nova chegando, ciúme e rock! ...hihihi...

    Muito criativo! =)

    Feliz Natal!!!

    http://nwbgaido.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. ROOTS, BLOODY ROOOOTS... (8)
    boa aquisição.

    e enfim, a narrativa está ótima!
    bom post

    ResponderExcluir
  16. Posso ser sincera a dizer que raramente consigo me prender a narrativas em blogs. Sou muito chata e perfeccionista [embora eu mesma não seja perfeita para comigo] Mas gostei de sua objetividade, e do modo como narrou problemáticas tão interessantes: política economica, amor, ciúmes e uma coisa que AMO, ROCK *-*
    Texto bastante enxuto.

    ResponderExcluir
  17. tadinha da marianna. viu o peguete dela chegar com um avião e já achou que tava sendo passada pra trás.
    é engraçado como as vezes a beleza de outras pessoas nos causam insegurança. é só vermos o objeto de nossos amores com uma pessoa de beleza notável que já sentimos o sangue ser contaminado pela torpeza do ciúmes.
    mas afinal..o que tocou no show de rock?

    ResponderExcluir
  18. Ainda vai tocar, no próximo post...

    ResponderExcluir
  19. Gostei bastante da história, sua narrativa é agradável de ler. Você deveria pesquisar um pouco sobre determinadas informações. Digamos, poderia ter se atentado ao salário mínimo da época... beijos.

    ResponderExcluir
  20. adorei a maneira como vc escreve consegue prender as pessoas para a leitura :)

    ResponderExcluir
  21. Muito bem detalhista e bem feito Parabéns .

    http://www.blogescolhas.co.cc/

    ResponderExcluir
  22. Poxa, legal mesmo.
    Medo do Escuro
    Participe e do Sorteio de um DOMÍNIO para seu Blog:
    http://www.medoescuro.net/p/promocao.html
    PARTICIPEM!!

    ResponderExcluir
  23. Gostei bastante.
    Você consegue prender-nos na história, faz sentirmos a necessidade de ler até o fim.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  24. olha muito bom o teu post, aqui fica brava com os autores lá do meu blog naum kkkkk eles naum sakam muito bem desses negocios de divulgação naum, jjkkkkkkk passando pra deixar o comentario que o outro naum lhe deu. ^^ bjo ah gostei muito do blog si precisar de parceiro de divulgação tipo trocando banner tamo ae.

    http://www.tabernadoviking2.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. a paixão pela musica fala mais alto!!
    "Se é pra ouvir "o bom e velho rock and roll", vamos lá!" - (eu tbm sou assim, hehe)

    ResponderExcluir
  26. parabens , blog muito interessante
    belos textos

    ResponderExcluir
  27. Ainda bem que ela se diverte. Ou tenta pelo menos. Mas achei essa atitude dela, de dizer que havia sentido ciúmes da garota, na frente de todos, reprovável.

    ResponderExcluir
  28. Caara, amei a narrativa.
    Mas tipo... Eu nao li os outros posts entao partes do texto ficaram vagas pra mim.
    Pra quem acompanha o blog a um bom tempo pode ser que tudo fez sentido, como uma novela. Se voce perde um episodio (post) tudo fica meio voando pra voce.
    Mas - por favor - quando escrever um livro me avise, que o lerei de ponta a ponta!

    ResponderExcluir
  29. Caramba, garota, você arrebenta. Confesso que fiquei "presa" a história e não consegui parar antes que chegasse ao final do texto. Muito bom mesmo! :D

    http://descubraaaa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  30. A saga da Marianna não perde o fôlego! Curioso como a cada capítulo você aborda sentimentos comuns a todos nós. Não sei até que ponto estou diante de uma personagem ou da vida real de alguém.

    ResponderExcluir
  31. ciume e uma coisa foda

    ai tem postagen nova la

    acesa lá depois

    www.iubdeds.com.br

    ResponderExcluir
  32. Nossa, adorei a história.
    O ciúmes sadio, mostra que vc gosta da pessoa assim como Mariana.

    Bjs
    http://leticiabarcelos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  33. Realista.Quem nunca teve uma crise de ciúmes?

    ResponderExcluir
  34. amei a historia . amei a narrativa e amei seu blog todo rsrs .

    seguindo aqui , se gostar do meu ... segue
    bjooos

    ResponderExcluir
  35. Amei o Blog .'
    seguindo ..
    segue se kiser *-*
    http://dapraentende.blogspot.com/
    Bjooos!'

    ResponderExcluir
  36. Já li neste mesmo blog um conto sobre a Marianna, do amigo preso. Adorei, e como sempre, essa continua seguindo o padrão encantador das histórias da menina. Adorei, parabéns!

    www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  37. Boa estória, só acho que vc poderia detalhar mais as pessoas e coisas do texto pra que a gente enchergasse melhor!

    ResponderExcluir
  38. bah, amei o texto hein, demais *-*
    se puder, comenta lá, rs http://abigailsouta.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  39. Ciúmes é um sentimento estranho, mais quando estamos a dois, é até bom vc ver que a pessoa tem ciumes, demonstra a paixao que ela sente por vc

    ResponderExcluir
  40. tem gente que as vezes exagera no ciumes
    clikei de novo


    http://planetahuumor.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  41. O tal do ciume é um perigo por isso não sou ciumento com ninguém, o importante é aproveitar =)

    ResponderExcluir