Total de visualizações de página

sábado, 18 de dezembro de 2010

Volta para casa

Apesar de Marianna estar tão bem ambientada na casa de Lili já era tarde e ela tinha que ir embora. Chamou Fernando e juntos foram pegar o ônibus. Como era domingo eles ficaram "mofando" no ponto.


- Marianna você está com um ar tão sombrio!

- Fernando foi tudo ótimo: a festa do Dinho, a casa da Lili e até nossa longa caminhada, foi tudo tão mágico. Mas eu já estou imaginando o que me aguarda lá em casa, minha mãe vai falar até 'babar'...

- Mas você não disse para ela que a festa era longe? Ela sabe que não tem ônibus a noite toda. 

O ônibus chegou e os dois entraram. Foram calados a viagem toda. 

Quando uma pessoa vai em um lugar pela primeira vez parece que a ida sempre demora mais. Na ida Marianna queria chegar logo, mas a volta foi relativamente rápida. Ela não queria voltar para casa nunca. Mas o confronto com sua mãe era inevitável. 

Antes de descer Marianna se despediu de Fernando:

- Então fica assim, depois a gente se vê!

- Você vai na Feirinha na quinta?

- Se eu estiver viva até lá!

- Deixa de drama e me dá logo um beijo!

Marianna desceu do ônibus e caminhou sem vontade para casa. Na medida que ia andando reparava nas pessoas felizes pela rua. Casais de namorados, pais com os filhos jogando bola ou andando de bicicleta. Como ela queria ter uma família 'normal'.


Ao abrir o portão,  a primeira pessoa que Marianna viu foi sua mãe. Em cima do salto, toda maquiada e se preparando para sair. Ela estava toda sorridente e com ótimo humor. Atrás dela estava Tânia, a namorada de sua mãe.

- Ainda bem que você chegou Marianna! Vamos sair e você tem que ficar com seus irmãos!

- Você não vai falar nada não mãe? Não vai me perguntar onde eu dormi?

- Vou falar algo por quê? Você não vai me ouvir mesmo. Depois que eu vi você saindo ontem daqui com aquele 'aleijado'. Esqueci o certo é dizer 'deficiente físico'. Depois que você saiu ontem daqui com ele eu desisti de você. Tomara que você se case logo com ele e vá embora daqui. Assim é uma boca a menos. Tem almoço no fogão. Tchau 'prá' você.

A mãe de Marianna havia dado tanta ênfase para as palavras 'aleijado' e 'deficiente físico'.  Ela não poderia nunca perder a oportunidade de humilhar sua filha. 

Marianna entrou em casa, seus irmãos assistiam aqueles programas horríveis que passam todo domingo na TV. Antes de mais nada precisava tomar um banho urgente e escovar os dentes. Ligou o som e colocou  Sabbath, Bloody Sabbath com o Ozzy Osbourne no último volume, entrou no chuveiro e cantou para espantar todos os seus males...





40 comentários:

  1. Muito bom o texto! principalmente no quando Marianna colocou Ozzy

    ResponderExcluir
  2. Que mãe má tem Marianna, tá + para madrasta.

    ResponderExcluir
  3. É... a mãe da Mariana é meio esquisita hem!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que história! Uma realidade louca, mas mais comum do que imaginamos. Gostei do blog. Bjs.

    http://blog.gruponogues.com.br

    ResponderExcluir
  5. gosto de texto em q posso visualizar as cenas, como na mofar esperando o onibus, já me ocorreu dezenas de vezes rsrsr...

    muito bom texto e proposta literária!!!

    parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo espaço, e conteúdo ; )

    ResponderExcluir
  7. A história toma um rumo mais interessante a cada dia e apresenta surpresas com as quais eu não contava. Na espera do próximo capítulo (como sempre fico - rsrsrs).
    Até, Bia!

    ResponderExcluir
  8. eita a ultima imagem assustou eu kkk mais o texto e mt bom
    clikei no anuncio de novo espero que retribua

    http://planetahuumor.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Bia, vc faz seus contos?
    Entra em contato comigo, estou interessado em você trabalhar em meu blog, pode ser?
    =)
    http://100culturablog.blogspot.com
    =)

    ResponderExcluir
  10. Legal a historia.Que bom que gostou do meu blog e deixou seu rastro.To no seu.
    Adorei teu espaço.Beijão querida

    ResponderExcluir
  11. texto com dialogos...e bom de se ler...gostei do texto...

    ResponderExcluir
  12. Nossa Ozzy Osbourne no último volume!

    Coragem hein!

    ResponderExcluir
  13. É, muito bom o texto, adorei o final. Quem é que nunca colocou alguma música sei lá tipo Ozzy pra extravasar qdo tá p... da vida, né?

    ResponderExcluir
  14. Adorei o texto! Ainda mais o final. Adoro Rock!!!!

    Até

    Visite meu blog! Será mto bem vinda.

    http://inutilidadesliterariaseafins.blogspot.com/

    Estou te seguindo...

    ResponderExcluir
  15. Oi, é a primeira vez que visito seu blog, e gostei muito dele! O layout é bonito e organizado, e a história é ótima, você é uma escritora e tanto!

    Retratou algo "anormal", que causa bastante curiosidade, mas ao mesmo tempo é algo real sim!
    Muito bom.

    Passa no meu blog? Também escrevo alguns textos e os publico. Te espero lá!
    Milton G. Machado

    ResponderExcluir
  16. Personagens politicamente incorretos, vida real. http://atmosphera2.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Nada melhor do que uma boa música para se desligar e fugir do mundo!

    Mais um ótimo capítulo!

    ;D

    ResponderExcluir
  18. Muito massa...Amei a referência Musical.

    ResponderExcluir
  19. Bom blog, e Ozzy pra finalizar o post, 10!!!
    hehe

    ResponderExcluir
  20. Adorei a história! Sou fissurada por histórias meio loucas que nem essa!
    Seguindo,e parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  21. Loucura loucura loucura

    é o que se pode resumir desse post!

    hauahauhauhaha


    O melhor blog do meu .... Bairro!!!
    http://blogdocharque.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. ahhhhhh Adoro a Marianna! uhuhuhuh

    (desculpe por quase nunca comentar nos post's, mas não creio que essa historia mereça comentários tão ruins quantos os meus! então fico só lendo mesmo!
    A parte estranha, que sempre que eu vou ler os capítulos novos, tem alguém comigo que ler junto!)

    Até o próximo capítulo!

    bju

    ResponderExcluir
  23. Quando será que vai ocorrer uma aproximação com a familia ? e colocar ozzy para tomar banho é uma bela escolha.

    ResponderExcluir
  24. O final, gostei bastante. Uma história é boa, quando do seu inicio já começa a nos prender. Essa é uma delas.

    ResponderExcluir
  25. Sempre volto aqui pra saber como anda Marianna :)
    fico feliz por ver a história surgindo dia-a-dia!
    sucesso! ;*

    passa lá http://odiariodemariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Oi, Bia!

    Adorei o texto! Vou acompanhar os próximos capítulos!

    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Tem selo para você lá no blog!!

    http://a-melhor-versao.blogspot.com/2010/12/selos.html

    ResponderExcluir
  28. Que a vida de Mariana dê logo a sua reviravolta. Torço pela sorte desta personagem!

    ResponderExcluir
  29. peraê, a Mariana, então, não é um mero post, é um conto inteiro... Já tinha comentado no atual, por isso li esse agora e vim aqui, vou ter que buscarb o inicio de mariana

    ResponderExcluir
  30. Lendo este post, descubro tal volta da festa,
    e percebo que a mariana trata-se de uma personagem de um conto não apenas de um post.
    Parabéns, apesar de ler os posts desconectados, é possível estabelecer uma ligação entre eles e fazer com que não percam o sentido isoladamente.

    ResponderExcluir
  31. Gosto das fotografias que você escolhe! Como sofre essa Marianna em? Que mãe cruel ela tem! Ao menos ela não passou por tantos apuros. Isso da volta ser mais rápido que a ida é verdade! XD

    Adorei o post! ^^

    http://nwbgaido.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  32. Nuss, tadinha da Marianna...
    Tomara que a vida dela dê uma reviravolta, e então ela se torne alguem FELIZ!

    Beijinhos

    ---
    www.jehjeh.com

    ResponderExcluir
  33. Ozzy espanta qualquer mal!!!
    "- Vou falar algo por quê? Você não vai me ouvir mesmo. Depois que eu vi você saindo ontem daqui com aquele 'aleijado'. Esqueci o certo é dizer 'deficiente físico'. Depois que você saiu ontem daqui com ele eu desisti de você. Tomara que você se case logo com ele e vá embora daqui. Assim é uma boca a menos. Tem almoço no fogão. Tchau 'prá' você."
    Queria que minha mãe falasse isso pra mim ://

    ResponderExcluir
  34. Estou terminando de ler os anteriores, já que fiquei um tempo sem vir aqui :/ Como sempre todos bons, já poderia até publicar um livro rs

    []'s
    blog.avoado.com

    ResponderExcluir