Total de visualizações de página

terça-feira, 5 de julho de 2011

Sentimentos

- É isso mesmo que você ouviu: Eu amo você Marianna.

Naquele instante, o mundo pareceu parar. A música eletrônica parou. As pessoas ao redor ficaram mudas. Marianna digeriu a frase que Altair falou. Sorveu cada palavra, como uma pessoa perdida no deserto bebe água. Como um afogado, anseia por ar para respirar.

- Amor é uma palavra muito séria. Amar alguém, significa se entregar. Abrir mão de tudo. Você estaria disposto em largar tudo para ficar comigo. Largar o conforto da Zona Sul e ir morar na roça? Largar sua esposa rica e linda e ficar comigo, que nem tenho dinheiro.

- Linda você também é Marianna. E você me faz muito feliz.

Marianna não sabia se deveria acreditar nas palavras doces de Altair. Marianna também não sabia se o amava, assim como ele dizia que a amava. Sabia que era bom estar com ele. Sabia também que diversas vezes ela já tinha 'quebrado a cara' e se estrepado. Mas a vida é feita de tentativas. Se Marianna não tentasse, jamais saberia se daria certo ou não. Na cabeça de Marianna, o tempo caminhava veloz e ligeiro. Ela se sentia como uma pessoa velha, prestes a morrer. E não tinha mais tempo a perder, assim como na música 'Go back' dos 'Paralamas do Sucesso'. 

- Altair eu preciso ir. O Danilinho está me esperando. Eu falei com ele que ia no banheiro.

- Mas antes me dê um beijo.

Altair então agarrou Marianna e lhe beijou.

- Você deve estar louco. E se a sua mulher pega a gente?

- Essa adrenalina, faz com que o beijo se torne melhor.

Marianna deixou Altair e foi em busca de seu amigo Danilinho.

- Nossa Marianna, você demorou no banheiro.

- É porque a fila estava grande. Vamos embora.

- Embora para casa? Mas nós acabamos de chegar. E o show? Nós vamos perder?

- Esse Mercado Mundo Mix, já deu o que tinha que dar para mim.

- Tudo bem então Marianna, você é quem manda. Mas hoje é sábado e ainda está cedo. Faz tanto tempo que não saímos juntos. Vamos para outro lugar então?

- O que você sugere?

- Eu conheço um barzinho muito maneiro, onde toca MPB e tem uma cerveja estupidamente gelada. É só a gente pegar o metrô.


- Ok Danilinho. Você venceu. Vamos lá. Um dia eu te conto, porque eu resolvi ir embora assim de supetão. 

- Se você não quer contar tudo bem. Com certeza você deve ter um bom motivo.

- E bota bom motivo nisso! Não quero te perturbar com meus problemas. Vamos falar de coisa boa pra variar! Você já ouviu aquele CD...

25 comentários:

  1. essas historias da Marianna ai em BH me trazem recordaçoes que não gostaria de ter mais.

    ResponderExcluir
  2. Fiquei com os olhos cheios de lágrimas, não tô podendo ler esse tipo de coisa.

    Mas tá linda a tua escrita, bela forma de expressar sentimentos.

    ResponderExcluir
  3. sabia que as coisas iriam dar em amor! Estou aguardando ansiosamente a trajetória de Marianna

    ResponderExcluir
  4. Gostei Bia. Aliás, adoro a tua escrita.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Quando o amor chega na nossa porta muitas vezes custamos a acreditar, assim como a marianna, principalmente se for alguém que a gente imagine estar acima do que nós merecemos.

    ResponderExcluir
  6. HUMMMMMMMMMMM... PRA LARGAR UMA VIDA DE CONFORTO E MORAR NA ROÇA POR CAUSA DE UMA GURIA, ESSA GURIA TEM QUE TER MUITA BALA NA AGULHA. ESSA NOVELINHA TÁ FICANDO CADA VEZ MAIS INTERESSANTE.

    TEM POSTAGEM NOVA NO BLOG, PASSA LÁ.
    http://thebigdogtales.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Se ele diz que a ama, porque não correr o risco de ser feliz?! Não foi pra isso que a vida foi feita?
    Na torcida da Marianna sempre!...

    Beijo, Bia!

    ResponderExcluir
  8. Ola Bia!
    Primeiramente uma dúvida: A música "Go Back" não é dos Titãs? Não é Paralamas não...rsrsrrs...
    A cada sequencia essa história vai ficando mesmo mais interessante! Agora os dois estão com aquele gostinho de "quero mais", mas acho que a Mariana mandou bem, meio que saindo a francesa!!!!

    Abraços Flávio.
    http://www.shitnessbook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Acompanho esse blog há tempos e só agora decidi seguir e comentar.
    Eu não iria embora, nem acreditaria na declaração de Altair, tenho meus motivos. Mas sua escrita é linda e Marianna mais ainda, ela é bem corajosa e forte!

    ResponderExcluir
  10. Flávio,
    Você tem razão, a música é dos Titãs(autoria do Sérgio Britto e do Torquato Neto), mas os Paralamas também cantaram essa música com os Titãs: confira no http://www.youtube.com/watch?v=jc8CnNbHyvg

    Valeu amigo Blogueiro!

    ResponderExcluir
  11. Concordo com uma coisa que o Altair disse, adrenalina num beijo é tudo de bom!

    ResponderExcluir
  12. Singelo e até certo ponto engraçado, porque escreves tão natural que é bonito de se ler!!! :)

    ResponderExcluir
  13. Adoro as estórias da Marianna!!
    E como é bom ouvir que é amado!!

    ResponderExcluir
  14. Obrigado Bia. O outro blog nasceu mesmo com um Hobby meu. rsrs...

    Beijos do Conde.

    ResponderExcluir
  15. tbm acho que é muito bom ouvir isso XD

    queremos continuação ....

    ResponderExcluir
  16. Seus contos saão muito envolventes!

    ResponderExcluir
  17. um livro chamado WE é fenomenal no trato do tema...

    ResponderExcluir
  18. Krakas seus contos é pura adrenalina, Altair ta certissímo adrenalina num beijo é altamente envolvente...

    http://euvoustar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Já é difícil acreditar em homem... acreditar em homem casado então deve ser impossível! Mas que rolo essa mulher foi se meter hein!

    ResponderExcluir
  20. contos bastantes interessantes e envolventes gostei muito, continue assim.

    ResponderExcluir
  21. Nesses momentos todos de saídinhas ao Mercado Mundi Mix, etc... Bruce ficava com quem? Com você?

    ResponderExcluir
  22. Muita coisa para absorver mesmo... e definir!
    Complicado seguir ou parar num momento destes...
    Difícil saber o que é real ou não.


    ;D

    ResponderExcluir
  23. Liberdade no Olhar:
    http://www.youtube.com/watch?v=nnEmNYhiLEk

    ResponderExcluir