Total de visualizações de página

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

O destino dos velhos amigos

Marianna nunca teve um relacionamento que durasse mais do que um mês. Em geral ela se cansava dos rapazes com muita facilidade, porque sempre detestou pessoas fúteis e vazias. Em geral os caras que conhecia estavam mais preocupados em exibir seus carros, em contar vantagens sobre quantas meninas tinham ficado.
Marianna quando encontrava um cara legal que gostasse de ler como ela, que fosse bonito, sensível, inteligente, e tivesse uma conversa legal, esse cara simplesmente já tinha namorada.
Ela até que não era feia: Olhos verdes, morena, cabelos cacheados. Seu grande defeito sempre foi ser perfeccionista ao extremo, exigindo muito dos outros e mais ainda de si mesma. Além de ser muito possessiva. E bota possessiva nisso.


Sua amiga Margarida ficava muito nervosa, quando Marianna tentava corrigir as pessoas.  As vezes quando estavam em um grupo conversando e alguém falava algo errado tipo: "você alembra do fulano?" ou "hoje eu amontei um móvel". Um dia Margarida não aguentou e explodiu com Marianna:

- Deixe outra pessoa mais imbecil corrigir os outros. Afinal quem é que nunca erra?
Margarida mesmo com menos estudo que Marianna, lhe ensinou algo que ela jamais esqueceu. 


Um dia Marianna estava na Feirinha com Margarida, quando surgiu Fernando. Esse rapaz tinha uma deficiência física. Quando criança teve paralisia infantil e necessitava de um par de muletas para se locomover.  Tinha os braços fortes por usar as muletas diariamentente e exibia neles várias tatuagens feitas por Carlinhos.
Fernando morava na mesma vila que os caras da DPT. Apenas não andava com eles. E foi Fernando quem deu a notícia para Marianna de como estavam seus antigos amigos:

Guerrero (o certo é escrever Guerreiro, mas ele escrevia errado mesmo) morreu vítima de bala perdida em um tiroteio na vila. Punk Doido virou pastor de igreja por dois meses, desistiu de pregar, saiu para o tráfico de drogas e foi morto por gangues rivais. Ventania foi cruelmente assassinado, asssim como Mito. Killer estava preso, pois tinha sido pego pela polícia quando trazia consigo uma grande quantidade de maconha (o ano era 1997 e o crak ainda não tinha invadido os morros). Marianna pensou seriamente em visitar Killer na delegacia. Sua mãe iria ficar maluca se soubesse que sua filha iria visitar um "bandido" na prisão.



Quando Fernando lhe contou o ocorrido Marianna chorou em seu ombro, seus lábios ficaram muito próximos, sem querer Marianna beijou Fernando. E que beijo...



50 comentários:

  1. Parabéns vc escreve muito bem... espero ver a continuação dessa história... se puder acompanhe a minha que ainda está na primeira parte... blocodegiz.blogspot.com

    PARABÉNS

    ResponderExcluir
  2. Olá Bia!
    Adorei o conto! Acho que me pareço com a Marianna da história: exigente demais, além de me cansar fácil da futilidade de algumas pessoas. Seria o mal das Mariana's? OSAISOAIOSI
    Quero também te fazer um convite, e seria uma honra se vc aceitasse...
    Quer publicar sua fic/web novela no Literatura&Gostosuras? Envie um e-mail para literaturaegostosuras@gmail.com com seu MSN para contato e a sinopse de sua história. A intenção é ajudar escritores desconhecidos a divulgar seu trabalho. O autor escolhido levará o devido crédito e terá sua novelinha publicada semanalmente no blog. OBS: Procuro por histórias de no máximo 12 capítulos e personagens inéditos, ou seja, nada de usar personagens de autores já consagrados.

    ResponderExcluir
  3. Muito boooa a historia, adorei o conto
    Parabéns


    #Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá Bia, eu nem sei o que dizer...bom, eu abri o blog ai li meu nome e pensei: sou a atriz principal (rsrs, brincadeira) daí nas próximas palavras eu me encontrei totalmente na marianna, e por alguns segundos até achei que fosse eu mesma. Fui até ver quem era a dona do blog pra ver se me conhecia. A primeira parte do blog sou eu discrita, e minha mãe é gay. Bom, coincidências...mas essa me deu calafrio! Sucesso no blog ;*

    ResponderExcluir
  5. Nossa interessante Mari, saber que existem duas pessoas que se parecem tanto...

    Eu não acredito em coincidências, acho que tudo tem um porquê, que não sabemos...

    Leia os outros posts quando der e obrigada!

    ResponderExcluir
  6. Você elabora uns posts bastante complexos e eu curto isso. Muito boa também a associação do texto com as imagens... valeu!!!

    ResponderExcluir
  7. Sua história é tão anti-conto e ao mesmo tempo tão real... Fantástico o conto, com uma pitadinha adequada de realidade. Com a pitada de imperfeição que o torna perfeito. Adorei.


    Lílian Buzzetto do Mulherices.
    (Se puder dar um pulinho por lá, a gente adoraria!)

    ResponderExcluir
  8. Adorei seu texto. Está cada dia mais dificil encontrar pessoas que captem a magia e o encantamento na forma de escrever. Isso é tão simples e ao mesmo tempo tão sofisticado e você chegou lá.
    Gostei e estou seguindo!

    Se possível passa no meu blog e me diz o que achou:

    http://sabordaletra.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Muito bom a historia, vai continuar?

    ResponderExcluir
  10. Reticências sugerem sempre uma continuação.

    Este é na verdade o 13º capítulo

    ResponderExcluir
  11. Hum... Fernando esperto heim... aproveitando do momento para dar o bote hahahahaha

    ResponderExcluir
  12. Olá, querida!
    Adorei a história, vc escreve mto bem.
    Fiquei curiosa para saber o que virá. E aí, será que vai rolar algo mais forte entre eles? =)
    Beijos!!!
    www.nicellealmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Lindo *-* Parabéns!

    http://oiadolescentes.blogspot.com/ :³

    ResponderExcluir
  14. Olha a Marianna de novo rs Muito bom suas histórias :D

    []'s
    blog.avoado.com

    ResponderExcluir
  15. Bem, o destino dos velhos amigos ou dos amigos velhos está aí: Morreram todos e um está preso.

    Será que Marianna terá realmente coragem de visitá-lo na delegacia? Não percam o próximo capítulo do meu livro blog!

    ResponderExcluir
  16. Eu ia perguntar, mas a Bia já respondeu aí em cima que terá continuação. Gostei do texto, descontraído, envolvente, e termina justamente na parte boa...hehehehehhhe... Da vontade de ler mais e mais... Muito bom... Parabéns!

    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Gostei do conto! A narrativa aponta pra algo que é familiar a maioria das pessoas hoje em dia... Quem não perdeu um amigo de infância por uma dessas situações?

    Muito bom, muito bem escrito!

    ResponderExcluir
  18. Obrigado pelo gentil comentário. E realmente concordo com você... infelizmente existe esse pensamento pequeno por parte de nós brasieleiros, restringindo; delimitanto "Brasil" a São Paulo ou Rio de Janeiro... claro que essas cidades são magnificas e entusiasmantes, mas o Brasil não se resumo a elas. Existem muitos outros lugares com belas atrações.

    E parabés pelo blog! Ele é muito bom e têm excelentes postagens ; )

    S.Rïver
    Porto Velho/RO - Amazônia - BRASIL
    http://www.youtube.com/riuhpvh

    ResponderExcluir
  19. Já comentei aqui e nas outras, bom fim de semana :)

    []'s
    http://blog.avoado.com

    ResponderExcluir
  20. Adorei a história...muito bem escrita!!!! Parabéns pelo blog. Abraço.

    ResponderExcluir
  21. Que história bacana! Muitos personagens! Essa Marianna em? Apesar de possessiva e querer corrigir a todos baixou guarda com a notícia de Fernando! XD

    Gostei, quero mais! ...rsrsrs...

    Abraços!

    http://neowellblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  22. Belo texto! Como você escreve bem...
    Só um detalhe: "Guerrero (o certo é escrever Guerrero, mas ele escrevia errado mesmo)" ---> O certo é Guerreiro!

    ResponderExcluir
  23. Obrigada pela dica, acabei de editar a postagem. Valeu!

    ResponderExcluir
  24. Sem querer? hehe, sei! Amontoar e alembrar devem ser corrigidos mesmo. É um favor que você pode fazer às pessoas.

    ResponderExcluir
  25. mto bom, parabéns

    visite-nos e comente tmbm

    http://mikaelmoraes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Eu espero descobrir o destino dos velhos amigos. Num dia bem distante daqui, e aproveitar até lá.

    Abraço! ;)

    http://anpulheta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Ah meu amigos, são tudo pra mim.
    Pena que alguns tomaram caminhos errados e a vida nos desencontrou.

    ResponderExcluir
  28. eu fiquei meio perdido de início pq não sabia q haviam capítulos anteriores... mas gostei da história e da forma de narrar, alternando narração em primeira e terceira pessoa... bem legal mesmo... continue escrevendo... abraço

    http://leonardoangelos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. gostei bastante! Mas esse fim eu não entendi.

    ResponderExcluir
  30. muito legal! tem que ter continuação!
    hsuahaus
    aabraçs.

    www.levelgamed.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. LEGAL TEU BLOG... TO SEGUINDO.. SEGUE-ME

    LUCRE COM SEU BLOG:
    www.psdesigner.com.br/revendedores.php

    CADASTRANDO-SE NO SISTEMA, SEU BLOG É
    DIVULGADO AQUI!
    www.psdesigner.com.br/blogs.php

    SIGA-NOS:
    www.psddesigner.blogspot.com
    OBRIGADO....

    ResponderExcluir
  32. Nossa, que linda história! Parabéns.

    ResponderExcluir
  33. Conto bacana, gostei do gancho do final

    Parabéns

    ResponderExcluir
  34. Este seu jeito de escrever sobre temas bem atuais é o interessante.. Sempre parece palpável seus capítulos!

    Parabéns!

    ;D

    ResponderExcluir
  35. bem legal esse post em

    http://planetahuumor.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  36. Acho que você deve trabalhar mais na construção da narração, a história é interessante mas a construção ainda não está perfeita. Go on, go on...

    ResponderExcluir
  37. Mil desculpaassss!!! De verdade...e o pior disso é que esqueci de comentar em um blog tão legal como o seu, pois adoro literatura e você escreve muito bem. Mas para quem cai no blog assim de primeira como eu, até perceber que se trata de uma história com certo grau de continuação nos posts...acho q deveria fazer uma introdução explicando um pouco mais sobre, iria ficar mais interessante...no início do blog!!
    Gostei muito, voltarei outras vezes :)

    ResponderExcluir
  38. A vida nos leva a atalhos que nunca tínhamos pensado antes.

    Muito bacana o uso que faz desse espaço e as reflexões que ele promove.

    Abração do amigo "Calcanhar" aqui.

    ResponderExcluir
  39. Destino........tá aí uma coisa complicada. Será que existe mesmo esse negócio de destino?
    Li o texto e me agradou, mas sei lá, bem, dúvidas acontecem mesmo.

    ResponderExcluir
  40. Aaah, também tenho as mesmas exigências que ela num relacionamento.
    Também tenho mania de corrigir os outros.
    Meu namorado também é deficiente.
    Céus, eu sou Marianna?

    ResponderExcluir