Total de visualizações de página

domingo, 22 de maio de 2011

Um acontecimento inesperado

Os dias passaram voando. A rotina de Marianna permanecia inalterada: Levantar-se de segunda a sexta-feira, às cinco horas da manhã. Deixar o pequeno Bruce, pegar um ônibus vermelho, pegar o metrô, pegar um ônibus amarelo para finalmente chegar no trabalho. Trabalhar de oito às dezoito, com duas horas de almoço que Marianna achava o fim, poderia muito bem fazer apenas uma hora só de almoço e sair às dezessete. Nos fins de semana, casa para arrumar, roupa para lavar e passar.

Uma vez por semana, Marianna ia nos encontros de Wicca, no Coven de L. Luz.  


O rapaz loiro continuava na janela, todos os dias de manhã fumava um cigarro, sumia, voltava com uma gaiola, voltava, retirava a gaiola, fechava a janela e sumia novamente.

Seis meses se passaram. Seis meses voaram, como areia na ampulheta na vida de Marianna.

 
Um dia o loiro sumiu, simplesmente não abriu a janela, durante um dia inteiro. No dia seguinte a mesma coisa. Durante uma semana  toda, a janela permaneceu fechada. 

Marianna tinha acabado de descer do ônibus amarelo, junto com sua colega Rose, que trabalhava na mesma empresa que ela, porém em um setor diferente, juntas caminhavam rumo a mais um dia de trabalho:

- O Loiro sumiu tem uma semana. Será que aconteceu alguma coisa? Um acidente de carro, talvez.

- Ele pode ter se mudado, ou ainda viajado Marianna. 

- Pode ser Rose, como é que eu vou saber?

- Esse seu amor platônico, está ficando sério Marianna.

- Vai ficar sendo só platônico Rose. Como um Loiro que mora na Zona Sul, vai querer alguma coisa com uma proletária que mora em uma cidade dormitório, que passa quatro horas diárias espremida dentro de ônibus e metrôs, indo e vindo para o trabalho?

- Uma proletária linda: morena de olhos verdes, trabalhadora, uma mulher de fibra, que corre atrás do que quer. 

- Obrigada por tentar levantar minha moral. Vamos passar na lanchonete? Me deu vontade de comer um pão com queijo quente.

- Vamos sim. 

Marianna e Rose entraram na lanchonete. O rádio estava ligado, sintonizado em uma estação onde havia e ainda há um programa chamado "Do fundo do Baú" e como o próprio nome dizia, só tocava música velha. A música que tocava era "Hotel Califórnia" do Eagles.


- Bom dia Leila, tudo bem?

- Bom dia Rose, bom dia Marianna. O que vocês querem?

- Um pão com queijo quente, por favor. Responderam as duas juntas.

Enquanto o queijo derretia na chapa. Um cliente entrou e pediu um maço de cigarros, quando Marianna olhou para o lado, gelou. Ali do seu lado, estava o rapaz loiro da janela, vestia uma  camisa preta, uma bermuda xadrex e calçava um par de havaianas. Os cabelos longos e soltos  batiam no meio das costas, estavam molhados e cheiravam a shampoo, como se ele tivesse acabado de sair do banho. De perto ele era mais lindo que de longe. E o sorriso? Lindo! Marianna ficou com o olhar mais derretido que o do queijo que derretia na chapa. O rapaz pegou o cigarro e saiu.

- Ei Marianna, que cara é essa? Algum bicho te mordeu?

- Era ele Rose.

- Ele quem Marianna? Você está pálida. 

- Era o loiro da janela.

- Não brinca, eu nem vi.

- Ele é lindo Rose. Mais lindo de perto, do que de longe.

- Marianna apaixonada pelo Loiro da janela, agora eu vi tudo!

28 comentários:

  1. Acho tão surreal essa Marianna... trabalhadeira sei que ela é mesmo, e eu admiro muito isso nela.

    E viva as bruxas!

    ResponderExcluir
  2. Pelo menos era o loiro da janela, e não a loira do banheiro...

    ResponderExcluir
  3. Esse romance com o loiro poderia evoluir e dar certo dessa vez. Marianna merece!...

    Esperando mais.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Continue assim! Ouvi dizer que os donos do blogger, oferecem proposta de escrita ou seja, eles podem gostar de seu blog e convidá-la para escrever um livro!! Você pode lucar muito com suas palavras ÓTIMAS!! Parabens! :D

    ResponderExcluir
  5. Muito interessante a historia. E o blog e tudo mais. Parabens :)

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante.. sempre achei o nome "Marianna" bem poético, boa escolha.. espero que ela consiga seu conto de fadas com o loiro da janela! :)

    ResponderExcluir
  7. fantástico, leitura leve, cheia de elementos ca cultura pop, sem perder a qualidade linguistica. cool

    abraço.

    ResponderExcluir
  8. Eu ri com o comentário do Francorebel.
    Que ela consiga esse garoto.. amores platônicos são lindos... quem nunca teve um? Seria legal saber de alguém que alcançou rs

    ResponderExcluir
  9. Vc fala de magia, de comportamento, de musica....enfim de tudo...!!!!


    seu blog é um maravilhos yakissoba de emoçoes para quem tem sede de ler como eu !!!

    tem uma missão pra vc lá na minha postagem ?

    vai conferir ?

    abraço

    ResponderExcluir
  10. Ai.. quem nunca teve destes amores platônicos, neh?!
    Hoje seu texto estava especialmente gostoso de se ler...

    ;D

    ResponderExcluir
  11. Retribuindo sua visita,mas já tinha vindo aqui,conheci a Marianna,da época que ela ainda era solteira e tinha alguns conflitos com a mãe(melhor,a mãe com ela...).Que legal,ela cresceu,parece mais solta,vou retomar a leitura!
    Bjsss :)

    ResponderExcluir
  12. Oi Bia,
    gostei do seu blog. Bonito, de bom gosto, texto leve, gostoso de ler e bem feito!
    Sou amiga do Victor von Serran, estou te seguindo e te convido a seguir o meu também.
    Obrigada pelo comentário por lá!
    Abração!!!!
    Humoremconto
    http://anaceciliaromeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. todo aor tem o seu lado sterioso que a gente fica querendo descobrir os sabores, enquanto li sua crônica senti uito isso, e que trilha sponora boa, eu gostei do seu blog, vou lika-lo e passar sempre por aqui, sou amante de textos assim rs, acompanhe o deleites, talvez vc goste, vou lançar um livro aida este ano e enfim eu vou falar sobre ele no deleites em breve hehe bjs moça.

    ResponderExcluir
  14. Olá Bia
    Obrigado pela visita ao meu blog e pelo comentário. Quando puder volte, vou gostar muito.
    Bjux

    ResponderExcluir
  15. Marianna e suas ótimas histórias e acontecimentos!!! Adorei o texto! ;)

    ResponderExcluir
  16. mariana ficou com o olhar mais derretido do que o queijo que derretia na chapa! parece os antigos falando AUAUHUHAHUHAUUHAHUA Maneira a história

    http://aneurysmnanet.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Comecei a ler e pensei que não ia ser o tipo de estoria que costumo ler, mas fui me aprofundado ao ler, e fiquei cada vez mas querendo ler.
    Este loiro deve esconder muito mistério em, e ela tão sofrida mas mesmo assim ainda encontrar forças para sonhar ou seja ter um amor platônico.
    E o menino dela com quem ficava?
    Pois é queria que você tivesse esta historia completa para baixar,
    porque nem sempre estou aqui no PC, e servia para ler quando tivesse nos meus tempos livres...
    Vou ler o resto e esperar você postar mais,
    pois adorei demais esta história confesso que até fiquei curiosa para ver o que vai dar.
    Espero que este loiro tire ela dessa vida corrida que ela carrega.

    boa noite voltarei mais vezes!

    ResponderExcluir
  18. o loiro foi atraído por algum feitiço recém adquirido de Marianna? vou veio de bom grando cair na teia de nossa heroína?

    ResponderExcluir
  19. ESSA MARIANA ANDA ENFEITIÇANDO TODO MUNDO HEIN???


    http://thebigdogtales.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Eu sei que já comentei por aqui.. Mas, tive que mostrar este capítulo para minha irmã... Muito a cara dela tudo.. Uma delícia de ler tmb!

    ;D

    ResponderExcluir
  21. Aaaaaah, isso ai é comigo mesmo !
    Vivo com esses amores .. kk
    Reparo Reparo e quando vejo me deparo com o cara, quase morro !
    Amor platônico faz a gente sofrer menos ahseuhase

    http://speakingbymusic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Um blog que integra varios assuntos , mto enteressante tbm este post . Bem legal mesmo estou seguindo beijos ;*

    ResponderExcluir
  23. Bia, acho que vc escreve muito bem e tem umas idéias muito legais e interessantes, mas eu queria ver uns textos seus de crônicas tambem!
    Um bjão e aparece lá no blog!

    ResponderExcluir
  24. Essa paixão é forte mesmo... como será que irá terminar esse possível relacionamento? Esperando por mais capítulos de Marianna...

    ResponderExcluir
  25. achei o blog super interessante, curti :D

    ResponderExcluir
  26. A vida de marianna ainda há de virar livro e chegar as telas do cinema!

    ResponderExcluir