Total de visualizações de página

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Proposta

Marianna e Charlotte beberam demais naquela noite no Alternativo. Beberam tanto e nunca mais voltaram lá. Até mesmo porque, o bar não teve vida longa e fechou pouco tempo depois. Não por má administração de Michael e Danilo e sim por falta de segurança. O bar foi roubado duas vezes na mesma semana. Um dia os ladrões levaram o aparelho de som e grande parte do estoque, principalmente bebidas quentes como whisky, conhaque entre outras. No dia seguinte, após o primeiro roubo, os sócios compraram um novo som, dessa vez mais potente (financiado em ‘n’ prestações) e abasteceram novamente o bar. No segundo roubo, os assaltantes limparam o Alternativo, levando tudo o que conseguiram carregar. Então a única alternativa para o Alternativo, foi fechar as portas.


Continuando, Marianna e Charlotte saíram do bar e pegaram um ônibus, por volta de meia noite e meia. Desceram próximo do Bar onde Natasha (irmã de Charlotte) trabalhava como garçonete. Marianna perguntou as horas e descobriu que faltava pouco menos de vinte minutos, para que o último ônibus que a levaria para casa passasse. No entanto assim que pisaram no Bar Charlotte começou a passar mal.

- Natasha, eu estou muito ruim. Falou Charlotte.

- O que vocês beberam lá Marianna? Perguntou Natasha.

- Os rapazes fizeram um coquetel chamado de “perereca”, me parece que era suco de maracujá, com leite condensado e pinga. Tomamos cerveja também. Respondeu Marianna.

Charlotte não falava mais coisa com coisa e Marianna sentiu que a culpa era um pouco dela também. Assim, Natasha chamou um táxi e Marianna se ofereceu para ir junto. No rádio do táxi tocava uma música dos Smiths: "Heaven Knows I'm Miserable Now".


Marianna dormiu na casa das meninas e no outro dia cedo resolveu ir para casa. Ligou para sua mãe para avisá-la de onde tinha passado a noite e que já estava a caminho (o ano era 1997 e com a privatização das Teles, qualquer mortal já podia ter uma linha telefônica).

Quando se preparava para ir embora, alguém bateu na porta. Quem poderia ser, em pleno domingo cedo, talvez algum evangélico pregando? Inesperadamente surge Carlinhos, o tatuador.

- Bom dia a todas! Eu sabia que você estava aqui Marianna! Falou Carlinhos.

- Você estava me procurando? Respondeu Marianna.

- Liguei para sua casa e sua mãe respondeu muito mal humorada, que você tinha dormido aqui. Falou Carlinhos.

- Minha mãe não vai com sua cara desde o dia que você me tatuou, quando eu fiz 18 anos, mas o que você quer comigo? Falou Marianna.

- Acontece que minha namorada está louca atrás de você. Ela cismou que você está me apresentando um monte de meninas...Continuou Carlinhos.

- ‘Pera’ lá. Foi VOCÊ quem me apresentou Natasha e Charlotte e não o contrário. Respondeu Marianna. Ela deu tanta ênfase no você, que Carlinhos se assustou.

- Sabe de uma coisa Carlinhos, como amiga eu te falo: sai fora dessa mulher...Falou Natasha.

- Concordo com minha irmã, ela nem conhece a gente. Até parece que íamos querer alguma coisa com você. Afinal você é nosso amigo. Falou Charlotte ainda de mau humor por causa da ressaca.

- Eu vim aqui também para te chamar para ir lá na casa do Beto ‘Branco’. Falou Carlinhos.

- Não sei não, eu dormi fora e avisei que já estava indo para casa. E também não quero arrumar encrenca para o meu lado. Já não basta a louca da mulher do Beto ‘Preto’. Falou Marianna.

- A gente passa lá rapidinho Marianna! Vamos por favor. Insistiu Carlinhos.

Carlinhos olhou para Marianna com um olhar tão persuasivo, como se quisesse dizer algo que Natasha e Charlotte não poderiam escutar, que ela se deu por vencida.


- Tudo bem! Você venceu, vamos então! Meninas, muito obrigada por tudo e me desculpem qualquer coisa. Charlotte te cuida. Até mais. Disse Marianna.

E saiu com Carlinhos...

47 comentários:

  1. as aventuras de uma galera....até mais comum do que a gente pensa

    adoro smiths

    http://universovonserran.blogspot.com - As vezes você não consegue fazer tudo sozinho..

    ResponderExcluir
  2. hum... vai ter continuação??? estou curiosa pelo desfecho!!!

    http://seenovidadeeuquero.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. essas coisas nunca terminam bem... mas muito bem escrito!!

    ResponderExcluir
  4. Que menian encrenca, com certeza não irá domir em casa denovo...

    ResponderExcluir
  5. tb fikei curioso pela continuação! espero q haja uma, vc escreve muito bem. :D

    ResponderExcluir
  6. O cotidiano nunca esteve tão latente como nesta história. As ilustrações ajudam a compreender e viajar enquanto lê.
    Adorei seu blog.
    Inté...

    ResponderExcluir
  7. Será que não fui eu quem roubou as bebidas quentes?

    Beto "preto" e "branco" também vale uma dose de uísque, rs.

    Beijão!!!

    F.

    PS Comenta eu lá também, faz favor.

    PPS ;)

    ResponderExcluir
  8. interessante essa estoria...continue praticando, sua escrita esta otima.

    ResponderExcluir
  9. ora ora ora...
    o que será que carilinhos quer???
    conta pra gente bia!!!

    ResponderExcluir
  10. Intrigante a história ! estou aguardando a continuação e o desfecho...
    http://www.medicinepractises.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. jamais quis fazer vc chorar....mas até eu de vez em quando choro quando vejo este post...mas não fala pra ninguem tá..sabe como é né....homem não chora...!!!


    volte quando quiser
    obrigado pela visita..sua opinião é importante !

    http://universovonserran.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Bom, só estou passando aqui para lhe dizer que sigo o seu blog desde o primeiro coment que fiz e li desde o começo. Gosto muito e espero ver o que vai acontecer!
    Abraços e parabéns. Sua escrita é maravilhosa.

    ResponderExcluir
  13. Fiquei curiosa com o que Carlinhos pode dizer a Marianna... Aposto que vem coisa por aí! rsrs
    Na espera, Bia!

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. "qualquer mortal já podia ter uma linha telefônica" eu até ri dessa parte mas ai ta uma historia para que as pessoas nao bebam demais!

    ResponderExcluir
  16. Guilherme, antes da privatização só rico tinha telefone fixo. Algumas pessoas alugavam linhas telefônicas...Sou contra a privatização, mas nesse caso específico foi bom...

    ResponderExcluir
  17. bebida chamada perereca...nunca ouvi falar...rs deve ser bom rs...texto como sempre muito bem escrito...

    ResponderExcluir
  18. Bia...eu tinha comentado sim, mas acho que devo ter fechado a pagina antes de ter concluido...

    Fiquei com pena do dono do bar..E achei bem interessente a história, aguardo a continuaçã

    ResponderExcluir
  19. esperando a contiuação.... ptz curiosidade é fo...
    mais vou ver mais posts
    Abraços

    ResponderExcluir
  20. A seguir cena dos próximos capitulos?

    beijos!

    ResponderExcluir
  21. que dahora
    eu curti
    mt bom o seu blog ;)

    ResponderExcluir
  22. Muito interessante a historia, cheia de surpresas e situações interessantes, além de você escrevre muito bem!!.. Abraço!

    ResponderExcluir
  23. Amo The smiths e boa história, hahaha!!!

    ResponderExcluir
  24. ansiosa pela continuação

    =x

    http://ummundoquaseparticular.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. puuutz
    fiquei ansioso pra saber o final...
    É a vontade de viver louca e devassamente *oo*

    ResponderExcluir
  26. Poxa, aguardo ansiosamente o final
    parabens aii! Muito envolvente.

    ResponderExcluir
  27. Nossa, juro que de início não entendi direito a proposta do blog, mas depois da leitura do post aos poucos fui compreendendo o porquê em se criar um blog como este e de fato, não só simples textos, mas uma narrativa que realmente cativa!!! Eu já estou buscando pelo primeiro post onde esta história começou.. pode até ser que esta narrativa nao termine, mas se todos os "capitulos" foram à altura deste, tem vida lonngaa e interessante!! De vdd mesmo

    Se puder, me visite

    www.plantaocinema.blogspot.com

    Abração

    ResponderExcluir
  28. Rrsrsr - Eu quero continuação faltou o desenrolar da história rsrsr

    ResponderExcluir
  29. To loooooouca pra saber do desfecho *-*

    Continua, continua!!!... x)

    ResponderExcluir
  30. realmente, menina conplicada, fico aguardando o final...
    abs

    ResponderExcluir
  31. Nossa, adorei a estória. Espero que tenha continuação. Você sabe narrar muito bem!

    Se puder retribuir:
    http://entendaque.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. O Carlinhos está/ficará apaixonado pela Mariana. Tenho certezaaa! rsrsrs


    http://resenhandomm.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  33. ISSO AQUI PODE DAR UM LIVRO, COM TRANQUILIDADE
    A BIA ESCREVE BEM E AS CONTINUAÇÕES ESTÃO CADA VEZ MELHORES...VEREMOS O QUE DÁ.

    ResponderExcluir
  34. Como assim e agora?? O que vai ser?? Parabens bia.. Muito boa suas historias.
    http://projetosdeumlouco.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  35. pooww coolll ^^
    vai rolar uma continuação? pq a história pede ..
    legal :DD

    ResponderExcluir
  36. Muito interessante a sua narrativa e o seu jeito de escrever, a estáoria também é legal, vamos ver a contunuação.


    Passa lá no meu blog pra conhecer!

    ResponderExcluir
  37. Que aventura...quero saber o final!!! Parabéns pelos texto brilhantes!!!

    ResponderExcluir
  38. É uma onda esse negócio de namoradas loucas enciumadas, CREDO! =X

    Gostei daqui, prtendo voltar mais vezes e conhecer o resto dessa novela ;)

    ResponderExcluir
  39. Muito bom o texto.
    O prosaismo contido na história é ótimo.
    E o final, de certa forma em aberto, também ficou interessante.

    ResponderExcluir
  40. Adorei a continuação. Tem mais né? :D
    Voltarei pra ver!
    Beijos ;**

    ResponderExcluir
  41. O que vem depois é o mais interessante, neh?!
    Coisa mais ruim ficar com aquela sensação de ressaca moral depois de uma noite bagunçada...

    ;D

    ResponderExcluir