Total de visualizações de página

sábado, 12 de fevereiro de 2011

O resultado

Marianna saiu cedo porque era domingo e os ônibus custavam a passar. Para chegar até o local onde faria a prova teria que pegar dois ônibus. A prova estava marcada para as nove horas e Marianna chegou ao prédio com duas horas de antecedência, antes mesmo das pessoas responsáveis pela aplicação das provas. Marianna, em toda sua vida, jamais se atrasou para compromisso algum. 

De acordo com o Edital do concurso, eram oferecidas oito vagas. Oitenta candidatos haviam se inscritos. O que dá uma proporção de dez candidatos para cada vaga. Um número muito irrisório para os dias de hoje, em que a indústria dos concursos públicos chega a divulgar que para alguns cargos a proporção chega a ultrapassar mil candidatos para uma vaga. 


Marianna entrou e sentou-se na última cadeira da fileira do canto, ao lado da janela. Assim que recebeu a prova Marianna foi lendo  e resolvendo as questões uma a uma, lendo e relendo os enunciados várias vezes. Por causa da ressaca, da noite anterior, seu raciocínio estava mais lento do que o normal. O tempo foi passando, os outros candidatos levantavam-se e iam embora. Marianna parecia nem ligar, afinal tinha três horas para fazer a prova.

Ela fez o que sabia. O que não sabia 'chutou'. Em uma prova três alternativas são absurdas, das duas que sobram, Marianna tinha 50% de chance de acertar mas só 'chutava' na trave.  Marianna foi a última a terminar a prova e saiu junto com mais dois candidatos, conforme regra estabelecida no Edital. 


O ano era 1998. Marianna não tinha computador e muito menos acesso a internet. Algum tempo se passou antes que ela soubesse como foi seu aproveitamento na prova. 

Desde que seus pais se separaram, o pai foi morar em uma pensão, assim ele tinha facilidade de andar para todos os lados. O pai de Marianna vasculhou o diário oficial do Estado e conseguiu a informação que tanto queria. Tirou uma cópia do jornal e foi até sua antiga casa.

Marianna estava sentada na calçada com seu walkman ouvindo "We are the champions" do Queen, quando viu seu pai descendo a rua e sorrindo. Era sábado e todos estavam em casa: a mãe com a namorada Tânia e os dois irmãos menores. 


- Eu tenho uma notícia muito boa para te dar, vamos entrar que eu conto para todo mundo de uma vez.  Falou o pai.

- Você ganhou na loteria pai? Perguntou a irmã de Marianna.

- Quem ganhou foi a Marianna. Respondeu o pai.

- Mas eu nem joguei Pai. Que papel é esse na sua mão? Perguntou Marianna.

- Leia você mesma Marianna. Falou o pai entregando o papel para a filha ler. 

Marianna lia o papel e não acreditava no que via. Marianna foi aprovada em 4º lugar no concurso. 

Nesse instante a mãe tomou o papel da mão de Marianna leu e saiu correndo para o meio da rua gritando, para todos os vizinhos ouvirem:

- Minha filha passou no concurso gente. Minha filha passou!

Marianna parecia não acreditar na cena que estava vendo. Logo a mãe que falou que ela não ia passar, agora batia no peito, orgulhosa pela inteligência da filha. Era muito cinismo. 

47 comentários:

  1. Muito interessante seu post, especialmente porque eu adoro o Queen rsrs

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  2. É sempre assim: aqueles que tanto duvidam são sempre os primeiros a aplaudir, se rendendo ao sucesso alcançado pelo outro... Não sei se isso é cinismo ou arrependimento, culpa.

    ResponderExcluir
  3. Eu tbm não tinha internet em 1998, mas me lembro que sofria com sistema MS DOS rsrs, que viagem!
    Me parece que ela tinha mais afinidades com o pai
    Passa lá tbm... ;)
    http://estigmaangel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Eita, essas mães... parece que a mãe de Marianna é uma das questões mais mal resolvidas na vida dela, não acha?

    Será que ela se ressente muito por essa relação tão conflituosa?

    ResponderExcluir
  5. Ótimo texto, parabéns! Também adoro Queen... ;D

    ResponderExcluir
  6. parabens pelo blog. poucos blogs são bons igual o seu, parabens;
    http://www.bigodefedido.com/

    ResponderExcluir
  7. contos do dia-a-a-dia... mas não exatamente um conto, afinal vc fala que é verídico... mas enfim, historietas modernas são sempre boas de se ler e boas pra se deixar alguém curioso pra ler o final =D
    grande abraço

    http://leonardoangelos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Curiosa para a continuação xD...

    Que bom para a Marianna! E que cara-de-pau da mãe dela... Aff =P

    Beijo ;*
    Continua logo x)

    ResponderExcluir
  9. Excelente texto! O Queen é nota 1000!

    http://poisonmandyfpb.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pelo blog!
    textos perfeitos!!

    ResponderExcluir
  11. Muito bom o texto. Parabéns pra Marianna rs
    E, ah, Queen é demais *---*

    ResponderExcluir
  12. A sensação de passar é tão boa. Dá uma felicidade, uma sensação de 'missão cumprida'. O mais difícil de aguentar e, no fim, quando tudo dá certo, também o mais satisfatório de se viver, é não passar e depois passar. Exige luta.

    Abraço! ;)

    http://anpulheta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Parabéns pra Marianna!!!! Passou com louvor no concurso e tampou a boca da mãe! Essa mãe da Marianna é mesmo uma fanfarrona.

    ResponderExcluir
  14. Tem um selo lá no blog para você. É motivo de grande alegria para mim poder conceder essa honraria a o seu blog. Otimo domingo!

    ResponderExcluir
  15. ahaha, interessante o texto.
    É sempre assim quando estamos em um momento ruim, olhamos ao redor e só vemos nossa sombra, quando estamos em uma momento bom, fica difícil saber qual é a nossa sombra.

    ResponderExcluir
  16. Acompanho o seu blog e sua escrita está amadurecendo bastante, parabéns. Beijos.

    ResponderExcluir
  17. vc é ótima com as palavras amor
    Parabéns
    as imagens dxam o post ainda mais intessante
    *o*
    seguindo' voltaremos
    bjão

    http://chooseelas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. mto bom seu blog, parabéns

    http://www.xuberequetetas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Esse texto me lembrou uam música do ira!

    Mariana foi pro mar


    O melhor blog do meu .... Bairro !!!
    http://blogdocharque.blogspot.com/
    Acesse tbm o http://www.linkdahora.com.br/

    ResponderExcluir
  20. ótimo texto..
    pelo que vejo vc tem muito talento..
    te achei em uma cominidade no orkut.. tou te seguindo.. espero retribuição.. abraços.

    http://boleiros-net.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. haah pois é.
    ainda bem que minha mãe sempre acredita nas minhas capacidades :)
    -
    http://lilykristinadakota.blogspot.com/
    =D

    ResponderExcluir
  22. Tem gente que vai,ao longo da vida,se frustrando e vai deixando ir embora a capacidade de acreditar em si e nos outros.Isso que percebo na mãe dela...tanto que quando viu que deu certo,voltou por uns instante o otimismo,a alegria,mesmo que de uma forma não tão bem entendida por todos...Mas pelo que li,a Mariana vai longe,com ou sem mãe aprovando!
    Sucesso pra ela...e pro seu blog :)

    ResponderExcluir
  23. O importante que ela mostrou seu valor. Nada de vingança mesmo com a hipocrisia da mãe.
    Uma ótima semana pra ti.

    ResponderExcluir
  24. eu já não sei se consigo ler a mãe como "má".

    ResponderExcluir
  25. Chega dar raiva da mãe dela...
    Mas o importante é que ela mostrou e comprovou a sua capacidade!!

    ;D

    ResponderExcluir
  26. Adorei o texto, e inclusive, já aconteceu isso comigo, não de minha mãe dizer, mas outras pessoas falarem que não ia conseguir passar nos concursos para os quais estudei há dois anos atrás, e de 3, passei em 2, o sentimento? gratidão para com aqueles que duvidaram de mim, isso só me deu mais força para conseguir. Espero que assim continue, pois ainda farei muitas provas, e os duvidosos novamente aparecerão para dar mais gás ainda. Rrsrrsrs

    ResponderExcluir
  27. Muito bom o texto e é a realidade de muitos, o que leva as pessoas a não esperar nada de ninguém levantar a cabeça e correr atras dos seus sonhos. Pensamentos positivo sempre.

    ResponderExcluir
  28. rs, em pensar que é justamente isto que acontece na maioria dos casos...Quem mais desacredita, é tbm quem mais comemora.

    ResponderExcluir
  29. Pois é, estamos cercados de cinismos e hipocrisia por toda parte.
    E muitas vezes mais perto que se imagina.
    Felizes as pessoas que não se deixam envolver pela negatividade destas pessoas.
    ótimo texto, visite o meu se quiser..
    http://shayaneazevedo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  30. Gostei da história...
    PArabéns pelo blog!

    Passa no meu site. www.clubedasfinancas.com

    ResponderExcluir
  31. Acontece que as coisas são assim, muitos só acreditam no seu potencial depois que você prova. Por isso devemos sempre lutar até o fim, sem dar ouvidos a quem diz ser impossível. Adorei o blog!



    http://www.addemas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  32. O certo é nunca deixar que os outros digam o quanto de potencial você tem. As pessoas fracassam na vida, e tentam fazer com que os outros fracassem também. Ás vezes não é nem questão de cinismo, mas sim aquela vontade de não ficar sozinha em sua derrota que levou a mãe de Marianna a desacreditar tanto na filha. Mas assim como qualquer mãe, ela sentiu-se orgulhosa de mostrar ao mundo como aquela criança que ELA criou pôde ser melhor...
    Na minha opinião, é só uma questão de capricho.
    Ótima história ^^ acompanho sempre *-*
    www.vanessafunnygirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  33. Muito bom o texto. Aliás, vários dos textos.
    Parabéns!
    Continue assim que virarei um exímio leitor do blog. =)
    Abraços

    www.sifrutal.blogspot.com

    ResponderExcluir
  34. Olha, eu também passei grande parte da minha vida sem computador.
    Tudo que eu tinha eram alguns livros mofados, e no entanto eles me foram úteis, e são até agora.

    O texto é uma cena bem comum entre os jovens. Mas quando eu li o final, devo admitir que fiquei bem surpresa.
    Se nossos pais não nos apoiarem ... quem é que vai apoiar ?

    Excelente post!

    ResponderExcluir
  35. O fim me surpreendeu, ficou mais interessante assim.

    ResponderExcluir
  36. Adorei o post,super criativo,adorei a estória!!!Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  37. Nossa, estou adorando essa história!
    Posso dizer que é o melhor blog que já visitei!
    Muito bom...

    Boa semana!! Se cuida! =)))

    ResponderExcluir
  38. Tenho amigo que adora queen , acho q ele ia gostar do seu blog! ^-^

    www.mayanapin.blogspot.com

    ResponderExcluir
  39. Aí, mesmo depois do porre a menina passou. Gostei da história

    ResponderExcluir
  40. Mariana tem que indicar que cachaça foi essa que ela tomou hein? O que vai ser de gt chegando de ressaca pra fazer prova... hahahhaha

    parabéns mariana, pelo jeito não foi só o concurso que vc ganhou. Aguarde cenas dos proximos capítulos...
    __

    http://coracaoonline.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  41. relatando o cotidianoo no blog

    passar no concurso é mesmo uma alegria

    http://filosofossuicidas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  42. adoro esse jeito que você escreve
    -
    http://lollyoliver.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  43. Que lindo!! 4° lugar!
    "We are the champions" no momento certo =)
    E que pai bacana, ele lembra o meu pai.

    ps: 10 candidatos/vaga! Que inveja.

    ResponderExcluir